3 de nov de 2009

Escuridão

Regina Vilarinhos


Há dias em que o inferno me esvazia.


Brigo com as sombras dessa loucura que espia.


Estômago, boca, olhos e anemia.


De mim nada mais sei, eu que tanto sabia...


No chão, a queda é fria:o corpo se despedaça,


a cabeça rodopia.


7. Deus me descansa. Nasce o dia.

Para Giovana, que me está me ensinando a enxergar luz, sempre!
.

Nenhum comentário: